Liberdade e Censura são temas de mostra na UFPA PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Seg, 17 de Junho de 2013 18:10

 

O Cineclube Arte e Ensaio exibe,  na próxima  terça-feira, 18/06,  a partir das 14 horas, no auditório da Faculdade de Artes Visuais, três filmes para pensar sobre as relações de poder que permeiam a sociedade e o período da ditadura militar no Brasil.


Como neste mês de junho comemora-se também o Dia da Liberdade de Imprensa (07/06), no Brasil, o Cine Arte Ensaio selecionou três filmes premiados que têm como contexto histórico o período da ditadura militar e que retratam as incoerências de um sistema  de poder baseado em hierarquias.  Os dois primeiros filmes que serão exibidos são os curtas
O Dia em que Dorival encarou a Guarda (1986), do cineasta gaúcho Jorge Furtado, às 14h, e Baseado em Estórias Reais (2002), de Gustavo Moraes, às 14h30. O terceiro filme da mostra é o documentário Vlado, trinta anos depois (2005).A mostra é uma atividade do Projeto O Ensino em Sala de Arte e Ensaio contemplado com o edital do Programa de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da Pró-reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Federal do Pará (UFPA/PROEG/PROINT).


Em O Dia em que Dorival encarou a Guarda (1986), curta-metragem de 14 minutos de duração, o espectador vai mergulhar numa estória bem-humorada de transgressão e de questionamentos sobre as hierarquias de poder na Polícia Militar.  Isso acontece em um dia de calor insuportável quando o preso Dorival (João Acaiabe) resolve enfrentar os militares para tomar um banho a qualquer preço.  O curta dirigido por Jorge Furtado é inspirado em episódio do romance do escritor Tabajaras Ruas, O Amor de Pedro por João. O livro foi escrito por Tabajaras Ruas no final dos anos de 1970, em Copenhagen, durante exílio imposto pela ditadura militar no Brasil. O filme ganhou inúmeros prêmios, entre os quais o de melhor curta nacional e melhor ator de curta no festival de Gramado, e de melhor curta metragem de ficção no 21º Festival de Cinema Ibero americano de Huelva, Espanha, e no 8º Festival Internacional do Novo Cinema Latino americano de Havana, Cuba.

Imagem 1

O Dia em que Dorival encarou a Guarda: transgressão e questionamentos do poder


Baseado em  Estórias Reais, o segundo curta com exibição às 14h30, tem pouco mais de 15 minutos de duração.  Traz duas  histórias que se cruzam durante a ditadura militar, em 1972.  Na primeira,  Roberto Schmidt (Daniel Riach), membro de um grupo guerrilheiro, é preso durante a tentativa de um assalto a banco. Sandra (Sônia Fontes), uma jornalista que presencia a cena, decide escrever um artigo sobre o fato. Na segunda história, que se desenvolve paralelamente, uma mulher (Margareth Galvão) prepara a receita de um bolo.

Imagem 2

Baseado em  Estórias Reais: o papel da classe média no regime militar


Para o editor da Revista Contracampo, Ruy Gardnier, o filme Baseado em  Estórias Reais "afronta os temas da tortura, da censura e da alienação da classe média no período militar". Segundo ele, o filme se divide entre os que lutam para trazer à tona a verdade, os que reprimem e os inocentes úteis, que, sem perceber, acabam por colaborar com o regime pela falta de ação.


Imagem 3

O clima repressivo é representado Baseado em  Estórias Reais


O terceiro filme da mostra, o documentário Vlado, trinta anos depois (2005), de João Batista de Andrade, revela o jogo de poder que está por trás da morte do jornalista Vladimir Herzog.  Segundo o crítico Pedro Butcher, Vlado é construído a partir de dezenas de depoimentos de amigos e colegas de trabalho, além da mulher de Herzog, Clarice, citada no verso da música O bêbado e a equilibrista, de João Bosco e Aldir Blanc. "O filme é , sobretudo, o registro da memória de um dos períodos mais complexos e sombrios da história recente do Brasil, contado por pessoas que viveram esse momento na carne," explica.


Imagem 4

Herzog: morto durante a repressão militar, em outubro de 1975


Em outubro de 1975, Vladimir Herzog, que na época trabalhava como editor de telejornalismo da TV Cultura de São Paulo, foi preso e levado para o prédio do DOI-CODI (Destacamento de Operações de Informações / Centro de Operações de Defesa Interna) —, de onde saiu morto. Segundo nota oficial, Herzog teria se suicidado, o que mais tarde se revelou uma farsa para encobrir a morte em conseqüência de sessões de tortura.

A exibição do documentário Vlado, trinta anos depois, segundo a coordenação do projeto O Ensino em Sala de Arte e Ensaio, é uma forma de, por meio do audiovisual, convidar a todos à olhar para uma época recente da história do Brasil que não deve ser esquecida  e pensar o significado da liberdade de expressão.

Imagem 5

Imagem de Vladimir Herzog morto durante a repressão militar, em outubro de 1975 - Fotografia de Silvaldo Leung Vieira


Cineclube

O Cine Arte Ensaio foi criado em 2012 e atualmente traz,  toda terceira terça-feira de cada mês,  três filmes com temáticas que são um convite ao pensamento e à troca de ideias. O Arte Ensaio é associado à Programadora Brasil,  programa da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura brasileiro, sob a coordenação da Cinemateca Brasileira.  O projeto tem entre suas metas exibir filmes que apresentem incontestáveis qualidades, mas não têm espaços para exibição.

São princípios do cineclube:

a) Exibir filmes que apresentem incontestáveis qualidades, mas que não têm público;

b) Apresentar filmes que têm caráter de pesquisa, novidade e experimentações estéticas;

c) Ser um espaço de exibição de filmes que fazem conhecer a vida de países com produção audiovisual com pouca visibilidade;

d) Exibir curtas-metragens que têm caráter de pesquisa ou experimentações;

e) Promover mostra de filmes clássicos referentes à história do Cinema e do Audiovisual;

f) Incentivar que os temas dos filmes sejam trabalhados de acordo com o currículo pedagógico, convidando os alunos a dar opiniões, ouvir e trocar ideias com os colegas

PROGRAMAÇÃO

18 de Junho - Mostra Cinema e Poder

Hora: 14h

Título: O Dia em que Dorival  encarou a Guarda
Duração: 14 min
Ano: 1986

País: Brasil
Sinopse: Todo homem tem seu limite, e Dorival resolve enfrentar a tudo e a todos para conseguir o que quer. A história da luta desigual de um homem contra um sistema sem lógica e sem humanidade.

Hora: 14h30

Título: Baseado em estórias reais
Duração: 15 min e 6 seg. 
Ano: 2002
País: Brasil
Sinopse: No ano de 1972, durante o período de ditadura militar, duas histórias se cruzam. Na primeira um jovem, Roberto Schmidt (Daniel Riach), membro de um grupo guerrilheiro, é preso durante a tentativa de um assalto a banco. Sandra (Sônia Fontes), uma jornalista que presencia a cena, decide escrever um artigo sobre o fato. Na segunda história, que se desenvolve paralelamente, uma mulher (Margareth Galvão) prepara a receita de um bolo.

Hora: 15h

Título: Vlado, trinta anos depois
Duração: 84 min. 
Ano: 2005
País: Brasil
Sinopse): No dia 25 de outubro de 1975, o jornalista Vladimir Herzog acorda de manhã e se despede da mulher, Clarice: ele deve se apresentar ao DOI-CODI, órgão da repressão política do regime militar, para prestar depoimento. Clarice questiona se ele deve se apresentar: vários amigos estão presos e sabe-se que são torturados. Mas Vlado se recusa a fugir; pondera que é um homem transparente, alheio à clandestinidade. No fim da tarde do mesmo dia, sua família e amigos recebem a terrível notícia: o jornalista está morto e, segundo fonte oficial, suicidou-se na prisão. O filme revela a trajetória de Herzog, desde a infância na Iugoslávia até sua posse como diretor de Jornalismo da TV Cultura de São Paulo. A reação de Clarice, dos amigos e da sociedade, recusando a farsa montada para justificar a morte do jornalista, tornou o fato um marco na luta pela redemocratização do país.

Informações Adicionais:

Assunto: Mostra Cinema e Poder

Dia: 18/06 - terça-feira

Hora: 14h

Local: Auditório do Atelier de Artes - Campus do Guamá (profissional).  Av. Augusto Corrêa, 1.

Informações em: www.redesdecinema.com.br e https://www.facebook.com/arteeensaio


Última atualização em Sex, 21 de Junho de 2013 13:45
 
Banner



Fornecido por Joomla!. Designed by: Joomla template  Valid XHTML and CSS.